Casa Verde e Amarela: Tudo o que você precisa saber

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
O Casa Verde e Amarela substituiu o Minha Casa Minha Vida, mas deixou muita duvida sobre o que mudou. Nós te contamos tudo o que você precisa saber sobre o novo formato do programa.

O Programa Casa Verde e Amarela é um programa habitacional criado pelo governo federal do Brasil para auxiliar famílias de renda mais baixas a adquirirem o seu primeiro imóvel. A iniciativa substitui o antigo Minha Casa Minha Vida, sofrendo algumas alterações que aprimoraram o programa e trouxeram novas frentes de atuação.

Mas se você tem dúvidas sobre como funciona o novo Casa Verde e Amarela, viemos contar tudo o que você precisa saber.

Quais as diferenças entre o Casa Verde e Amarela e o Minha Casa Minha Vida?

Segundo o site do Governo Federal, o programa tem como meta atender a 1,6 milhão de famílias de baixa renda com o financiamento habitacional até 2024. Contudo, diferente do Minha Casa Minha Vida, onde a aquisição de moradia era a única modalidade, o Casa Verde e Amarela atua também em outras frentes.

No novo plano, os grupos contemplados também podem se beneficiar nas modalidades:

  1. Produção Subsidiária;
  2. Regularização Fundiária;
  3. Melhoria Habitacional e Fundiária;
  4. Produção Financiada.

Outra grande diferença entre o Casa Verde e Amarela e o Minha Casa Minha Vida é que no novo programa as taxas de juros variam de acordo com a faixa de renda e a localização do imóvel. Já o antigo mantinha uma taxa de juros única para todo o país.

Assim, nessa nova configuração, a população as regiões Norte e Nordeste do Brasil são beneficiadas com taxas mais baixas, criando incentivo para essas regiões.

E quais são as faixas de rendas do novo programa?

O Casa Verde e Amarela possui três grupos de beneficiários de acordo com a renda familiar.

  • Primeiro grupo: Renda até R$2.000,00 (dois mil reais);
  • Segundo grupo: Renda entre R$2.000,00 e R$4.000,00 (dois e quatro mil reais);
  • Terceiro grupo: Renda entre R$4.000,00 e R$7.000,00 (quatro e sete mil reais).

Além dessa divisão, ainda há mais dois subgrupos de taxas de juros, dividas entre Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e o grupo Norte e Nordeste. Dentro desses grupo, outra divisão de juros ainda é realizada, separando cotistas e não-cotistas do FGTS. De acordo com o site oficial, “o programa também prevê a redução da parcela de spread bancário (diferença entre o valor pago pelo banco aos correntistas e o cobrado nas operações de crédito) pago pelo Fundo aos agentes financeiros operadores do programa, sem comprometer a sustentabilidade das operações”.

Leia também: Descubra se você pode usar o FGTS para comprar um imóvel

Regularizações e melhorias

Como falamos anteriormente, o programa Casa Verde e Amarela traz outras frentes de atuação, além da aquisição da casa própria. Na configuração atual, os grupos podem se beneficiar também na regularização fundiária.

Essa face do programa tem o objetivo de viabilizar o acesso ao título que garante o direito real sobre o lote das famílias. Assim, é possível utilizar o benefício do Casa Verde e Amarela para, finalmente, deixar o seu imóvel totalmente regularizado com os órgãos competentes.

Outra modalidade de atuação muito interessante é a melhoria habitacional. Com ela, imóveis que sofre com problemas de deterioração, falta de banheiro, coberturas ou pisos, instalações elétricas ou hidráulicas inadequadas, entre outro, poderão resolve-los.

Essa modalidade viabiliza para as famílias que se enquadram nos pré-requisitos a possibilidade de reformar ou ampliar seus imóveis. Dessa forma, o programa oferece a possibilidade da melhoria da qualidade de vida também para quem já possui um imóvel próprio.  

Imóveis novos e de qualidade

Com os incentivos do programa, cada vez mais construtoras começaram a se atentar para as necessidades dos grupos beneficiados. Muitas delas aderem a medidas para criar condições ainda mais facilitadas para quem quer adquirir um primeiro imóvel pelo Casa Verde e Amarela. Um deles é o parcelamento da entrada, possibilitando àquelas famílias que não possuem esse montante a oportunidade de também realizar esse sonho.

Sendo assim, muitas investem em imóveis com configurações únicas, com espaços bem aproveitados. As opções de condomínio para imóveis do programa também são cada vez maiores. Piscina, playground, petplace e salão de festas são algumas das opções cada vez mais presentes.

Tudo isso utilizando materiais de alta qualidade e acabamentos refinados. Assim, elas conseguem oferecer máxima qualidade de vida para os moradores.

Então, quer conhecer alguns desses empreendimentos? Fale com um dos nossos corretores de plantão. Eles estão a postos para tirar todas as dúvidas, e te ajudar a encontrar o seu imóvel ideal. Clique aqui e fale agora com nossos especialistas.  

Deixe seu comentário

Sobre a Portal Imóveis

A Portal Imóveis é uma empresa moderna e arrojada, que atua no mercado imobiliário desde 2000, com venda, locação e administração de imóveis no Vale do Itajaí e Litoral.

Posts recentes

Siga-nos